O que é, como previnir e como tratar a celulite




Um dos grandes tormentos das mulheres, a celulite tira o sono e deixa muitas mulheres de cabelos arrepiados. Mas a verdade, é que a celulite parece ser algo congênito da mulher, se desenvolve e aparece nas partes com maior concentração de gordura do corpo humano, sobretudo das mulheres. Apesar de não haver consenso sobre as causas e origens da celulite, sabe-se que ela está ligada às células lipídicas, localizadas abaixo da pele humana.

De forma resumida, o aspecto da pele com celulite surge da seguinte forma: o tecido adiposo tem como função armazenar energia para as mais variadas atividades do corpo humano, essa energia é armanezenada na forma de gordura, no tecido adiposo, mais especificamente em células denominadas adipósitos, as quais se localizam na parte mais profunda da pele.

Acontece que, nas mulheres, esta camada da pele pode apresentar fibras, que tem o objetivo de comunicar a parte mais externa à interna da pele. Essas fibras repuxam a pele para baixo, produzindo um aspecto parecido com uma capa revestida por furinhos, a qual é a característica típica da celulite.

A celulite pode se originar também devido a outros fatores, como hereditariedade, alterações hormonais, circulatória, enzimática e outras, que podem provocar modificações na textura do tecido interno da pele.




De acordo com os fatores estéticos, pode-se classificar a celulite em três grupos:

Grupo 1: os furinhos tornam-se visíveis quando a pele é comprimida. É comum em adolescentes.

Grupo 2: os furinhos são visíveis de forma  natural, sem necessidade de comprimir a pele, sente-se ondulações e nódulos ao contato com as mãos.

Grupo 3: percebe-se claramente a presença de nódulos, os quais têm maior consistência, um indício da formação de fibrose (excesso de desenvolvimento de um órgão), podendo haver dor.

Tratamento e eliminação da celulite:

A alimentação em excesso, principalmente as que contêm altas taxas de gordura e carboidratos, bem como hábitos incorretos de alimentação, aumentam a produção de gordura, fator que favorece a formação de celulite. Além disso, o sedentarismo diminui o consumo de energia do organismo, que se acumula, aumentando o tecido gorduroso e conseqüente formação de celulite.

Existem diversos tratamentos estéticos que minimizam e até eliminam a presença da celulite, alguns dos tratamentos mais utilizados são:

Beber bastante água pura, evitar refrigerantes, evitar doces e gorduras, fazer exercícios físicos (uma simples caminhada já é excelente).

Cremes: os cremes devem conter agentes capazes de melhorar a circulação sanguínea, como os termogênicos, que esquentam a pele e auxilia a perda de gordura, reduzindo o aspecto característico da celulite.

Drenagem linfática: tem como função eliminar o excesso de água do organismo.

Massoterapia: massagem para trabalhar a gordura localizada, com uso de substâncias especiais.

Aparelhos de sucção: também conhecidos como endermologia, atua sobre as fibroses, deslocando-as.

Eletroestimulação: uso de corrente elétrica para estimular as fibras da musculatura.

Há também o processo de subincisão, uma pequena incisão para deslocar a pele de “cima do furinho”.

Entre outros métodos.

A celulite pode aparecer também em homens, apesar de ser menos comum, pode aparecer no abdômem e outros locais. O efeito é mais comum, no caso de excesso de gordura localizada, podendo-se perceber o estágio normal quando a gordura é eliminada.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*