Setup de Armadilhas no Day Trade by Stormer

O setup que vamos descrever abaixo é muito assertivo e chama-se trade de “armadilhas” ou “traps”.

Foi baseado no no estudo do Stormer que é um dos grande traders da bolsa de valores e tem um conhecimento incrível sobre análise técnica.

Funciona muito bem no day trade, inclusive operações de mini índice e mini dólar da bolsa de valores.

Observação: O estudo mostrado neste artigo representa a minha opinião pessoal e não deverá ser utilizado como recomendação de operação na bolsa de valores.

Trade de armadilha day trade stormer

Exemplo de trader de armadilha. O preço não confirma o rompimento da resistência e retorna para a mínima do candle anterior.

No exemplo acima o candle brando de alta atinge a linha de resistência, indicando um possível rompimento de alta.

No entanto, o candle seguinte (vermelho), mostra que o rompimento falhou e o preço retorna e ultrapassa a mínima do candle de rompimento branco.

A imagem acima mostra um exemplo no rompimento de alta, a mesma ideia é válida numa tendência de baixa, apenas inverte-se a operação (veja logo abaixo).

Como ganhar dinheiro com este setup?

Observando a imagem acima coloca-se uma ordem de venda na linha indicada pela seta, ou seja, quando o candle vermelho rompe a mínima do candle branco anterior.

Espera-se, neste tipo de trade, lucrar em uma possível queda do preço neste candle vermelho, de baixa.

O mesmo é válido se, ao invés de rompimento de uma resistência houvesse o rompimento de um suporte, apenas, inverte-se a ordem, que agora será de compra.

Trade armadilha stormer

Exemplo de armadilha no rompimento de baixa

No exemplo acima o candle vermelho que rompeu o suporte falhou e, o candle seguinte (branco), rompeu a máxima do anterior, mostrando que o rompimento da resistência perdeu força e o preço tende a subir.

Espera-se lucrar com este trade colocando-se uma ordem de compra no rompimento da máxima do candle vermelho, onde há expectativa que o preço acelere para cima.

Qual a lógica deste setup?

Pontos relevantes do gráfico, como possíveis suportes e resistências, entre outros, são locais onde muitos operadores criam expectativa que o preço acelere no rompimento e siga na direção deste rompimento.

A análise gráfica tradicional ensina que, ao entrar em uma operação de rompimento de suporte ou resistência é necessário posicionar o stop loss no lado oposto do candle de rompimento.

A ordem stop loss nada mais é do que uma ordem inversa à entrada, ou seja, se entrar comprando, a ordem stop loss é uma venda e, se entrar vendendo, a ordem de stop loss é uma compra.

O candle que gera a armadilha acaba stopando todos os operadores que deixaram a ordem stop loss no lado oposto ao candle de entrada.

O disparo desses stops tende a acelerar o preço para o lado contrário de quem entrou acreditando no rompimento e continuação da tendência.

Porém quem entrou na operação no ponto de armadilha, vide imagens acima, vai acabar lucrando na aceleração do preço que ocorre nos stops adicionados por quem apostou no rompimento do suporte ou resistência.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*