Sites de relacionamento, predomínio de aventureiros (e aventureiras)

Os sites de relacionamento pertencem a uma das categorias de sites mais frequentadas pelos usuários de internet do mundo inteiro. Alguns desses sites fazem tanto sucesso que é praticamente impossível não encontrar vários conhecidos freqüentando comunidades ou exibindo suas fotos, opiniões e gostos particulares.

Mas, em especial os sites voltados exclusivamente para quem está procurando encontrar um namorado ou uma namorada, o que se pode falar sobre estes sites?

A intenção desses sites é a mais politicamente correta que existe. Há excelentes serviços de namoro online para propiciar a união de pessoas solteiras que estão em busca de sua cara metade.

Mas as pessoas que freqüentam esses sites estão realmente interessadas em conseguir encontrar um amor?

A resposta é não. A experiência constatada com os participantes de vários sites assim, leva-nos a deduzir que, a grande maioria, talvez mais de 90% das pessoas cadastradas, não querem encontrar amor nenhum.

Estão lá apenas para se aventurarem, para se mostrarem, para aparecerem.

Se você pensa em encontrar um amor em um site especializado em namoro, saiba que você,  homem ou mulher, deverá estar preparado para os mais diferentes tipos de frustração.

Para manter contato com algum membro participante, é necessário pagar pelo serviço, nada mais justo, pois assim, o interesse é maior e mais objetivo e, o serviço é mais contundente e eficaz.

Por mais que você tente contato com outras pessoas, a maioria nem sequer se dá ao trabalho de responder seus e-mails.

Como foi dito, mais de 90% das pessoas participantes, simplesmente não estão nem aí, não querem ou não pensam em assumir ou, em tentar assumir, um compromisso sério para o amor. E não importa se no perfil está escrito o contrário.

A realidade é pior quando se tenta contatos com pessoas com idade inferior aos 30 anos. Estas estão lá mesmo para especulações, para simples aventura.

E não importa se você, homem ou mulher, for lindíssimo (a), tem um perfil impecável, a grande maioria das pessoas estão lá apenas para se aventurarem no mundo virtual.

As mulheres para exibirem sua beleza, para receberem mensagens bonitas de homens e, para depois, simplesmente ignorar. (Uma maioria, no entanto, para tentar encontrar um milionário).

Os homens, por sua vez, não querem, necessariamente, encontrar um amor, mas sim, outro tipo de relacionamento que não exija compromisso.

Mas é claro que isso não é totalidade. Uma minoria está lá mesmo para encontrar o amor da vida e acaba, sabe-se lá como, conseguindo encontrar um perfil com o mesmo interesse, que aceita tentar, pelo menos, pegar o MSN do interessado.

2 Replies to “Sites de relacionamento, predomínio de aventureiros (e aventureiras)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*