Celular e smartphone de 4 chips para todas as operadoras ao mesmo tempo

Quando o celular virou GSM era preciso comprar um aparelho para cada operadora. O cliente venceu e os celulares foram desbloqueados a todas as operadoras. Foi possível colocar qualquer chip, mas, um ficava no aparelho outros ficavam guardados e tinham que ser trocados sempre que se precisava usar outra operadora. O problema de lugar para os chips foi solucionado. Celular com 4 chips simultâneos é a solução definitiva.

O espaço para os quatro chips não requer um tamanho exagerado do aparelho, cabe perfeitamente todos de forma confortável abaixo da bateria. Com quatro chips, não há mais o porquê carrega-los dentro de uma caixinha e trocar a toda hora, para falar com o amigo ou familiar que é cliente de uma operadora e com o outro parente ou amigo que é cliente de outra operadora.

A maneira mais econômica para fazer ligações com celular é fazendo a comunicação usando-se a mesma operadora, assim, como as pessoas gostam de variar de operadora para aproveitar promoções, usar quatro chips ao mesmo tempo, no mesmo aparelho, é uma ideia muito bem bolada. A economia, com o aproveitamento das promoções, será sempre bem vinda.

Quanto ao preço, esse não tem muita variação pelo fato de serem 4 os chips, o modelo e a marca do smartphone ou, do telefone celular, têm mais relevância do que a quantidade de chips suportados. O preço, no entanto, poderá ser sentido em algumas situações, mas, pelo que parece, o número de chips não o afeta de forma relevante.

Aparelhos bem visto pelos consumidores são os que suportam quatro chips, para todas as operadoras GSM, teclado QWERTY e tela touch screen, todos na mesma peça. A força consumida, somada a todas as funções, também faz com que os fabricantes ofereçam como cortesia uma segunda bateria, para não deixar o cliente na mão, por falta de energia.

Um dos modelos pioneiros da versão 4 chips é o Flying F160 fabricado na China e exportado para todo mundo. Este modelo é equipado ainda com teclado qwerty e tela touch, TV, Java, Bluetooth, internet, rádio, filmadora, câmera digital e outros.

Apesar de oferecer a praticidade de até quatro chips, geralmente, as pessoas não fazem uso de todos eles simultaneamente. Outros usuários, no entanto, têm os chips de todas as operadoras, em muitos casos, ainda falta slot para mais chips.

Além de celulares com quatro chips, há adaptadores para os aparelhos dual chip, acessório que transforma o espaço para 2 chips em espaço para 4 chips. O adaptador é encaixado no local do chip e, este, fica no adaptador. Para virar 4 chips, é preciso dois adaptadores. Um acessório não muito bem difundido, mas, que não deixa de ser eficiente quando necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*