Setup muito bacana e lucrativo usando Keltner no Mini Índice e Dólar

Vou te mostrar um operacional realmente assertivo para o mini índice da B3, o qual utiliza-se o indicador canais de Keltner como referência, com trade de volatilidade, mesmo na contra tendência de direção.

O indicador Keltner está disponível em todas as plataformas gráficas, como o ProfitChart, Metatrader e outras, podendo, inclusive receber outros nomes como “Canais de Keltner” e “Keltner Channels”.

Importante: este conteúdo é um estudo pessoal do autor e não é recomendação de operações.

Setup com Keltner

O primeiro passo é adicionar ao gráfico de candles o indicador Keltner Channels e configurar um desvio padrão para 2,20. Esse valor de desvio não necessita ser exatamente este. Não fará praticamente nenhuma diferença se, ao invés de 2,20 forem configurados 2,0 ou 2,30.

O segundo passo é adicionar uma média móvel de 20 períodos exponencial no gráfico. Ao plotar o indicador de média móvel percebemos que, a mesma sempre ficará entre as linhas superior e inferior do Keltner. Isso porque, o próprio Keltner se baseia na média de 20 como padrão.

Keltner desvio

Desvio padrão do Keltner no Profitchart

O terceiro passo é configurar o operacional com candles no tempo gráfico de 1 minuto, pois, este operacional é para trades rápidos, do tipo scalp, porém, o alvo de ganho, bem como a posição do stop loss, variam em relação à média móvel.

Um outro fator a considerar é a direção ou, tendência do mercado. Apesar de ser um operacional de volatilidade, buscando-se o alvo na média móvel, a taxa de acerto tende a ser superior quando operado na direção do mercado, podendo, no entanto, ser operado contra a tendência, no chamado pullback.

 Sinal de entrada

Em sua maior parte, o preço, representados pelos candles, sempre estarão dentro do canal de Keltner. Porém, eventualmente, os candles “escapam” para fora dos canais.

É quando, por exemplo, ocorre uma alta ou uma baixa de preços de forma acentuada, com grande volume financeiro.

Quando os candles fecharem fora do canal, podendo ser tanto acima da linha superior como  abaixo da linha inferior, ligaremos nosso alerta para entrada na operação. O próximo candle da sequência, ou seja, o primeiro que retornar para dentro do canal de Keltner e, fechar dentro do canal, sinalizará entrada na operação.

Em outras palavras: Sempre que um candle retornar e fechar dentro do canal de Keltner entraremos na operação. Veja a imagem abaixo:

Pontos de entrada no operacional VENDIDO

Conforme mostrado na imagem acima, a primeira seta em amarelo mostra que os candles “escaparam” para fora, na linha superior do Keltner. Este é o momento, o qual deveremos ficar atentos para a possível entrada na operação como venda.

Na sequencia, a segunda seta em amarelo mostra que, o primeiro candle que, efetivamente retornou e fechou dentro do canal, sinalizou entrada na operação.

A entrada, neste caso, é vendendo, sendo o alvo de ganho a média móvel (linha tracejada azul).

A posição do stop loss também está sinalizada na imagem com o traço em vermelho, devendo ficar acima do candle mais alto (top).

O exemplo acima mostra uma entrada de venda. A mesma lógica seria aplicada se o cenário configurasse uma entrada de compra.

Confira na imagem abaixo um sinal para entrada comprado:

Sinal de entrada para COMPRADO

Conforme a imagem, a primeira seta em amarelo mostra que os candles “escaparam” da linha inferior do canal.

A segunda seta, em amarelo, mostra o primeiro candle da sequência que retornou para dentro do canal e, efetivamante, fechou dentro do canal, ou seja, fechou acima da linha inferior.

A entrada na operação ocorre de forma comprada, no momento em que o candle fechou “dentro”.

O alvo de ganho está na linha tracejada em azul (média 20 exponencial).

A posição do stop loss está indicada na linha em vermelho, no caso, o fundo deste movimento.

O exemplo mostrado neste artigo é aplicado no mini índice, porém, outros ativos também podem ser utilizados com este operacional, inclusive o mini dólar.

Outro fator importante é considerar a direção do ativo. Podendo ser operado na contra tendência, no entanto, a taxa de assertividade aumenta se operado em entradas a favor da tendência.

Importante: o conteúdo mostrado neste artigo é um estudo pessoal do autor, em hipótese alguma trata-se de recomendação de operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*