Os Vendedores de ilusão no day trade

Se tem um tipo de comentário que eu vejo bastante por aqui é pessoas se queixando porque seguiram um determinado método no mini índice ou mini dólar, que compraram cursos que prometiam ganhos e mais ganhos e riqueza, mas, que ao voltar à realidade, ao mundo dos humanos, eram métodos sem muito futuro e, no fim, perdem dinheiro.

Eu tenho tentado fazer um acordo comigo mesmo, que eu não iria mais falar sobre vendedores de métodos milagrosos sobre bolsa de valores, que prometem enriquecer qualquer um no day trade. Mas, sinceramente, isso dá assunto pra post todo santo dia.

Mais uma vez, voltei aqui falando sobre o fenômeno que se tornou o mercado de venda de cursos sobre day trade, especialmente daqueles que são os métodos mirabolantes.

Olha só meus irmãos, eu vim do marketing digital. Daquele marketing mais raiz, mais tranquilo. Pra criar publicidade compatível com as diretrizes do faceADS, do Google ADS, que são extremamente rígidos quanto ao modelo de anúncios e produtos anunciados nessas plataformas.

Sinceramente, é um abuso o que muitos supostos traders que, na verdade, no final, tem um curso, uma estratégia ou algo fascinante para vender. Se esse tipo de publicidade, se essa forma que encontramos nas mídias sociais, de expor esses métodos milagrosos para lucrar com mini índice, mini dólar ou ações fossem avaliados por algum órgão regulamentador, o que aconteceria?

Se, caso isso fosse inserido, com esse mesmo teor, com esses mesmos gatilhos, com a mesma forma de persuasão, em mídias de publicidade pagas do Google, Facebook etc… teriam a veiculação reprovada de imediato, geralmente, seriam banidos se tentassem novamente.

Mas, fora das mídias pagas de publicidade, as pessoas podem exercer livremente o seu direito de comunicação, por isso, esses traders espertos, vendedores de ilusões, não medem esforço pra convencer a todos que, aquilo que eles têm para oferecer é a chave de ouro para a riqueza, para uma vida plena de realizações e todos aqueles blá blá blá que já virou até chavão.

E nós, na luta por virar a chave e, finalmente conseguir a liberdade financeira, dizemos assim, ah… dane-se tudo, o máximo que pode acontecer é eu perder mais esse “troco”, vai que, numa dessa eu acerte o toba da mosca. Mas, para a grande, a gigante maioria das pessoas, o resultado é, o mais do mesmo. Novamente, nos sentimos derrotados.

E, a grande tacada de mestre, que o mestre que vendeu o método aplica é essa máxima:

“A culpa é sua.”

Tem um livro que admiro muito, “As armas da persuasão”. Esse livro explica, em detalhes, ponto a ponto, como funciona o comportamento humano frente a gatilhos mentais.

Explica em detalhes como as pessoas são persuadidas, são envolvidas, enfim, nele, tem a chave que explica como o marketing utiliza do comportamento humano, seja aqui na internet, ou seja lá, numa prateleira do supermercado, tudo é feito de uma forma, não casual, não aos trancos e barrancos, mas sim, da maneira que te coloca num funil, que te leva a fechar negócio, a comprar um produto.

Isso é utilizado pelos grandes vendedores de curso, inclusive, alguns que são até bons traders, mas, que possuem na venda de métodos, treinamentos, palestras, indicadores, o seu verdadeiro negócio.

E, lembre-se da tacada final, aplicada na grande maioria dos que compram o produto e fracassam: “a culpa é sua”.

Eu não quero desanimar ninguém, longe de mim, aqui é só minha opinião, de quem veio do marketing digital desde 2003.

Mas, eu sei que a gente só conhece o sabor da laranja quando a gente come a laranja.

Então, tenta, experimente, compre o produto, o método que você deseja, então, descubra por si próprio os resultados.

E, veja bem, não são todos, mas, geralmente, os mais mirabolantes, os que mais mostrar resultados, ganhos incríveis, mansões e carrões. Esses métodos, são os que menos funcionam.

Tem outra coisa também, vejo muito em blogs, mídias sociais e no YouTube, há muitos anos. Fique atento ao seguinte:

Muitas pessoas são afiliados desses métodos de day trade e de outros nichos também.

Eu não vou explicar aqui o que é um afiliado, nunca se falou tanto sobre afiliados igual nesses últimos meses.

É outro mercado farto para os vendedores de ilusões enriquecerem convencendo todo mundo a viver como afiliado.

Bom, mas olha só… muitos afiliados, eles usam de um truque que é, produzir vídeos, blogs etc, “falando bem” do método a ser vendido.

Elogiando o produto, elevando à oitava maravilha do mundo. Só que, isso, é muito controverso.

A intensão desses afiliados é unicamente ganhar comissão por vendas realizadas. Então, fique esperto, a maioria desses afiliados nem conhece como o método realmente funciona.

Eles só querem ganhar a comissão. E, para isso, ele precisa que você clique no link que está colocado em algum lugar e, obviamente, compre o produto.

E tem um tipo de vídeo que você deve ficar longe, é quando o título é chamativo, da seguinte maneira: o produto X é bom? Funciona? É golpe? E coisas semelhantes. Esse tipo de conteúdo produzido por afiliados fracassados é a estratégia mais clássica.

Mas, voltando ao assunto dos vendedores de métodos mirabolantes. A sua desconfiança tem que ser minuciosa e muito analítica.

Ouvi em uma palestra sobre marketing que, os vendedores de curso são bons e, alguns são maldosos. Os maldosos, para serem bem sucedidos, eles precisam atuar em cima de três pilares:

Muito papo,
muita sede de dinheiro e,
nenhum escrúpulo.

Vivemos em um país mergulhado em corrupção, vemos na mídia, em todo lado aí, o descalabro, a roubalheira que se envolve a política, na sociedade, em todo lado.

Tomba um caminhão, as pessoas vão lá saquear a mercadoria, o ser humano quer tirar vantagem em tudo.

Se vê alguém derrubar uma nota de dinheiro no chão, ao invés de ir lá, ajuntar e devolver, vai lá, pisa em cima da nota, depois guarda para si.

Você acha mesmo que alguns vendedores de métodos, alguns marqueteiros, influenciadores… Veja bem, eu disse alguns. Você acha que estão realmente preocupados se você vai ter sucesso financeiro, profissional?

Esses aí, não estão nem aí, eles só querem saber é do lucro deles, seja lá qual for o meio para alcançarem esse lucro.

Porque a cartada final é, “fracassou, a culpa é sua.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*