O que você precisa saber sobre comprar direto da China




Decepções, ninguém gosta desta palavra. Comprar produtos que vem diretamente da China parece tentador devido aos baixos preços encontrados. O desânimo começa quando um produto comprado, geralmente é sempre celular, não quer chegar em casa, o correio não bate à porta para entregar a encomenda.

Muitos podem ser os aborrecimentos de se comprar em sites que vendem eletrônicos e celulares, os quais são enviados diretamente da China, com vários atributos. A demora na entrega é o principal fator que estraga todas as expectativas. Depois, a tarifação que pode ser aplicada ao passar pela alfândega, desanima ainda mais a boa fé do consumidor, esperançoso.

Não há outra escolha. Se a encomenda for barrada na alfândega, a tributação aplicada, no Brasil, chega a 60% sobre o valor do bem. Em muitos casos, isso ainda valeria a pena. Em outros, fica mais caro do que comprar um semelhante no mercado interno.

Isso sem contar com os casos em que o objeto simplesmente é extraviado pelo correio, mas, alguns sites brasileiros que vendem direto da China, fazem um seguro junto ao correio, que pode garantir a devolução do seu dinheiro se um evento desse tipo acontecer.




Em outros casos, o cliente, de posse do código de rastreamento online, tenta em vão, diariamente, ver o status do pedido na intenção do mesmo ser modificado, a ponto de estar mais perto da hora de entrega. Mas, nem sempre esse envento acontece e, o tempo vai passando. 30 dias é muito tempo para a entrega de uma encomenda. Se você estiver com sorte, poderá receber antes desse tempo. Porém, há muitos casos em que demora muito mais e, outros, em que o produto fica mesmo extraviado nos caminhos que o trazem até o nosso país.

Lamentável essa demora e estes contratempos, porque os preços, em muitos casos, são bem recompensadores. Aquele celular ou câmera digital (ou outro equipamento) bem moderno e cheio de gadgets, que é novidade no ocidente, acaba ficando nos sonhos e, a a frustração pode se tornar menos desagradável, quando se opta por pagar mais caro, porém tendo em mãos a garantia de recebimento do produto e a garantia contra defeitos de fabricação.

Há casos, ainda, em que o comprador faz o pedido de um determinado produto, mas, quando sua encomenda bate à porta, o pacote é aberto, a cor é diferente, o modelo não é aquele, as funções não atendem àquilo que foi prometido. O problema mais entediante é quando o produto chega, mas, chega com defeito. Se a loja aceitar a troca por outro, voltará tudo pelo mesmo caminho, no fim, o comprador acaba desistindo por puro aborrecimento.

Mas nem só de decepção vivem os clientes que compram direto da China. A boa intenção existe, as lojas não têm nenhum motivo para querer, propositadamente, prejudicar nenhuma pessoa. O risco existe, é o preço a ser pago, na maioria das vezes funciona.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*