Leitor de cartão de memória, praticidade igual a pendrive

Um pequeno grande notável. O que este acessório é capaz de fazer, caiu do céu na hora de transferir dados do cartão de memória para o computador e vice-versa. Clicando aqui, você encontrará o mais barato leitor de cartão de memória à venda disponível no mercado. Uma facilidade extra para transferir dados de equipamentos eletrônicos é, simplesmente, um suprimento indispensável nos dias de hoje.

O que faz um leitor de cartão de memória? Como o próprio nome diz, lê os arquivos digitais gravados no cartão e transfere para o PC ou, o contrário, do PC para o cartão, com rapidez, velocidade e uma praticidade incrível, pois dispensa uso de fios e outros métodos nada convencionais.

O cartão de memória é um acessório fundamental para câmeras digitais, telefones celulares, filmadoras eletrônicas, entre tantos outros equipamentos. Existem diversos modelos e padrões de cartões de memória digital, os mais difundidos são os padrões SD e Mini SD, respectivamente para câmeras digitais e celulares.

Conexão direta com a porta USB: o leitor de cartão de memória que recomendamos, faz analogia a um pen drive convencional, com dois pontos de transferência de dados. O plug convencional, conectado à porta USB e o plug fêmea base, para receber o cartão de memória.

A vantagem do uso do leitor de cartão de memória é a agilidade para manipular o uso do cartão, que dispensa a conexão de cabos das máquinas digitais ou dos celulares, não precisando ligar o equipamento, sendo conexão totalmente plug and play, exatamente como os pendrives.

Outras vantagens: rápido na troca de arquivos, pequeno, fácil de transportar, pesa menos de 20 gramas, durável, dispensa, absolutamente, a necessidade do uso de cabos para transferir os arquivos, é bonito e tem baixíssimo custo, além de servir, normalmente, como um pen drive, desde que haja um cartão nele, claro.

Clique para ver mais detalhes do leitor de cartões

A capacidade de armazenamento de dados, cada vez maior, em acessórios pequenos e leves, é um fator que determina a grande aceitação dos consumidores por suprimentos como os diversos modelos de cartões de memória (também chamados de memory card). Futuramente, a capacidade dos cartões será tão grande que será possível usá-los como verdadeiros HDs externos, muito mais portabilidade cabendo na palma das mãos.

Totalmente diferente da leitura magnética que se usa no HD, o cartão de memória trabalha com uma tecnologia baseada em flash drive, lembrando o esquema de funcionamento da memória RAM, mas sem perda de dados na falta de energia elétrica.

Os padrões de fabricação dos cartões de memória, inicialmente não levava em consideração os modelos fabricados, cada fabricante criava seu próprio padrão, isso resultou em uma grande enxurrada de modelos e tamanhos nos cartões, levando os consumidores a terem dificuldade na hora de comprar um equipamento disponível.

Atualmente, os padrões mais utilizados são o SD e o Micro SD, foi para esses padrões que as indústrias de equipamentos eletrônicos elegeram a produção de seus equipamentos, apesar do tamanho permanecer o mesmo em cada padrão, a capacidade de armazenamento de dados, não para de crescer, aumentando muito dia após dia.

Curiosidade: a sigla SD, nome usado em um dos mais difundidos padrões de cartões de memória é a abreviação de San Disk, nome da empresa que criou os cartões neste padrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*