Escala da diferença entre o tamanho de planetas e estrelas

Em um universo de extremos, nós vivemos cercados com aquilo que é infinitamente pequeno, tendo como exemplo os átomos. E com aquilo que é soberbamente grande, como as distâncias estelares ou suas dimensões. Nas ilustrações abaixo, colocamos lado a lado, para fins de comparação, alguns exemplos da diferença entre o tamanho de planetas e estrelas.

Muito distantes de nós, existem estrelas que são até inimagináveis em pensarmos em suas dimensões. Há estrelas tão grandes no firmamento que nosso planeta não passaria de um simples asteróide se fosse colocado lado a lado com elas e o nosso Sol poderia ser comparado a uma pequena lua ou até mesmo, em certos casos, também a um pequeno asteróide sem relevância alguma.

Neste universo do absurdamente grande, veja abaixo algumas escalas de astros que nos avizinham na galáxia Via Láctea. Você notará como nosso planeta, ligeiramente grande comparado a outros planetas vizinhos, como Mercúrio e Marte, aos poucos vai perdendo em tamanho para outros planetas maiores do sistema solar, ficando quase que perdido perto de Júpiter e praticamente inexistente quando colocado ao lado do Sol.

Na imagem abaixo começamos a comparação colocando como referência a nossa Terra, onde será o ponto de partida para as comparações seguintes.

Acima, nós iniciamos colocando junto cinco planetas do sistema solar. Terra e Vênus possuem tamanhos praticamente idênticos. Já Marte, possui um tamanho menor, pouco mais da metade do nosso planeta, porém, mais que o dobro de Mercúrio. Plutão por sua vez, tem menos da metade do tamanho de Mercúrio.

Nesta outra escala acima, vemos Júpiter como ponto de referência, note que a Terra (Earth) é praticamente um pequeno ponto perto do gigante gasoso do sistema solar. Na verdade, caberia dentro de Júpiter em torno de dois mil planetas Terra. Nesta mesma escala, Plutão praticamente nem é mais visível se colocado ao lado de Júpiter.

Na imagem acima, foi colocado o Sol como astro de referência. Até mesmo o gigante Júpiter fica pequeno ao lado da nossa estrela. A Terra por sua vez, praticamente nem é perceptível. Mas com todo esse tamanho, o Sol ainda é pequeno se comparado a outras estrelas que existem no firmamento. Veja abaixo:

Acima, o Sol, indicado com a seta, aparece medíocre ao lado de Sírius – que por sinal é a estrela mais brilhante vista a olho nu e que está a cerca de 25 anos luz de nós. Na imagem acima, está em referência a estrela Arcturus que deixa até mesmo Sírius como se fosse uma pequena lua e o Sol um simples asteróide. Mas se você acha que já viu tudo sobre o tamanho de estrelas, então veja a imagem abaixo:

Na imagem acima aparece Betelgeuse, da constelação de Órion (que tem no centro as Três Marias), cerca de 250 vezez maior que o Sol, tão grande que o Sol e toda a órbita da terra se esconderiam atrás dele. Mas como referência nesta imagem está Antares, cerca de 600 anos-luz da Terra e que se localiza no centro da constelação de escorpião. 700 vezes maior que o sol, simplesmente transforma gigantes como Sírius, Arcturus e Aldebaram em verdadeiras luas, enquanto o Sol nem é visível nesta escala.

3 Replies to “Escala da diferença entre o tamanho de planetas e estrelas”

  1. O que mas me impressiona é o fato de que Deus em sua infinita graça, veio o este mundo, tornou-se pó como eu e você comparado a todas estas estrelas que são frutos da criação de nosso Deus, e ainda sim veio a este mundo e morreu por mim, e por você…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*