Aumente os lucros com o robô de setup K1

Operar na bolsa de valores com robôs é, provavelmente, a única maneira de fazer parte dos 5% que se mantém consistentes no day trade.

Você também poderá ser consistente se começar a utilizar robôs ao invés de operar manualmente.

Se você pensa que usar robôs de trade é algo fora de alcance, pare tudo o que está fazendo porque vou te explicar como é possível para qualquer pessoa utilizar robôs para melhorar muito os acertos no mini índice e mini dólar.

Há uma modalidade de robôs chamados de HFTs, mas, não são esses robôs que estão disponíveis para pessoas físicas. Eu me refiro a um outro modelo de robô.

Lucros incríveis com o robo K1. Clique aqui e conheça

Disputa injusta

Os grandes players institucionais não mechem um único dedo para negociar na bolsa de valores. No entanto, faturam milhões de reais mensalmente fazendo trade nos ativos mais líquidos, como no mini índice e no mini dólar.

Os grandes players institucionais possuem bilhões em ativos e utilizam os chamados robôs de alta frequência, os famosos HFTs instalados dentro das dependências da própria bolsa de valores.

Sim, a bolsa de valores vende locação de salas para quem quiser alocar lá dentro seus próprios robôs para realizarem trade na bolsa.

Esses robôs são computadores de altíssima capacidade computacional, conectados via fibra ótica, diretamente no servidor da bolsa de valores.

Sua função: lucrar o máximo possível.

Qual a chance que nós, meros mortais temos de ganhar consistentemente contra essas máquinas de altíssima performance?

São mínimas não é mesmo?

É por isso que a grande massa de trades perdem dinheiro no day trade.

Os trades que lutam para tornarem-se consistentes têm a missão de serem melhores do que esses robôs de altíssima frequência, chamados simplesmente de HFTs, colocados, em grande parte dentro da própria bolsa de valores.

É uma luta muito injusta de humanos contra máquinas.

Robôs para traders em geral

Agora vou te falar sobre um outro tipo de robô que viabiliza operações muito superiores ao praticado até mesmo pelos mais peritos traders humanos e que tem muita chance de bater de frente com os HFTs.

São os robôs de plataformas.

Você, certamente já conhece plataformas de negociação como o ProfitChart, o Metatrader, o Tryd e outras, não é mesmo?

Essas plataformas permitem, ao trader, negociar de um jeito mais fácil, sem a necessidade de usar o home broaker das corretoras e, fornecem ainda, um grande arsenal de gráficos, indicadores, métricas entre outros recursos para potencializar as operações dos traders.

É aí que entra um dos recursos mais fascinantes das plataformas de negociação:

Um outro mecanismo suportado por essas plataformas é a possibilidade de integrar extensões de recursos, os quais, podem atuar como robôs de negociação automatizadas.

Os robôs de negociação para plataformas realizam trades de forma automatizadas, sem interferência humana, seguindo um setup previamente estabelecido em sua configuração.

Entre esses setups há robôs que operam o setup K1 e muitos outros, os quais são reconhecidos como setups com grande taxa de acerto especialmente para o mini índice.

O robô quando em execução permite afastar totalmente o fator emocional, o qual é um dos grandes vilões de quem opera day trade.

O robô vai realizar todos os trades que sinalizar entrada, respeitando o gerenciamento de risco, conforme programado no operacional do setup.

O robô nada mais é do que um aplicativo ou script que adiciona-se à plataforma de negociação. Da mesma forma que podemos instalar um aplicativo no celular, podemos instalar um aplicativo do tipo robô de operações dentro de uma plataforma de trade.

É muito simples a lógica de funcionamento de um robô dentro da plataforma. Nada mais é do que um aplicativo que “roda” dentro da plataforma de trade.

Robô não significa lucro

O fato de utilizar-se robôs para negociar na bolsa de valores não significa que teremos acertos e lucros em abundância.

É necessário que o robô faça operações com setups assertivos e, que entre outras coisas, obedeça ao gerenciamento de risco.

Mesmo operacionais com grande percentual de assertividade carregam pesados índices de risco, onde, as perdas continuarão a existir e o lucro continuará sendo afetado.

A lógica de operacionais assertivos é que o lucro mensal seja superior ao prejuízo observado e, isso, será o saldo obtido entre todas as operações com ganhos e perdas ao longo de um mês de operações.

Mesmo operando-se com robôs na plataforma as perdas farão parte, mesmo nos melhores setups. O que almejamos é que, o saldo das perdas seja menor ao dos ganhos.

E justamente por isso que os robôs tiram vantagem em relação ao trades realizados por mãos humanas.

Robô Para o Setup K1

Este é um setup considerado de grande assertividade para o mini índice. Utiliza o indicador Keltner Channels e o tempo gráfico de 1 minuto.

A própria Nelógica tem um robô pago para operar o K1 em sua plataforma, o ProfitChart. Na data que escrevo este artigo o custo é R$385,00 mensais, um valor ligeiramente alto para quem está iniciando no mercado.

Porém, o K1 pode ser operado por outros robôs, em outras plataformas, como você pode ver neste link

Outra vantagem é o fato de que este robô possui não somente o setup K1 configurado como muitos outros também.

Assim é possível diversificar as estratégias operacionais e adequar ao gerenciamento de risco e ao modelo que o mercado está mostrando no dia de operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*