Tudo sobre modem e roteador ADSL (banda larga)




Depois que o famoso modem de 56k, utilizado para conexão à internet discada, causar uma verdadeira revolução na computação, logo depois, começou a dar lugar ao padrão ADSL, de internet em alta velocidade. Foi aí, que os modems assumiram, de forma ainda mais intensa, um papel de destaque no uso da internet. As palavras modem e roteador, tornaram-se bastante conhecidas e, sua utilização, saiu de dentro dos computadores para assumir uma posição própria na bancada de trabalho. Os modems e roteadores para ADSL, permitem fazer todo o conteúdo da internet surgir na tela do computador (e vice-versa), quando utiliza-se a conexão do tipo banda larga digital (ADSL – assimetric digital subscriber line).

Qual a diferença entre modem e roteador? Basicamente, o modem converte o sinal de internet que chega nele por meio de cabos, em linguagem compreensível pelos computadores e, faz o processo inverso quando o sinal sai do computador para a web. Daí o nome modem, formado pelas iniciais de modulador/demodulador.

O roteador, “pega” o sinal convertido pelo modem e torna possível sua distribuição. Por exemplo, permite que o sinal entre no computador. A grande maioria dos modems ADSL, por questões de praticidade, já vêm roteáveis, ou seja, tratam o sinal e o distribuem, no mesmo aparelho. Mas, nem todos os roteadores têm função de modem, especialmente, os roteadores wirelles para distribuição do sinal de internet sem fio a uma determinada distância.

A compra de um modem ADSL não requer muitas regras, basicamente, todos têm função similar. Verifique a velocidade de sua banda larga e veja a velocidade que o modem consegue atingir. Geralmente, os modems suportam velocidades muito acima dos padrões máximos que as operadoras disponibilizam. Considere que, velocidades de download e de upload são diferentes, maiores para download e menores para uploads.

Vale à pena contratar um plano de internet ADSL e receber o modem do provedor na forma de comodato? Nem sempre é um bom negócio. É preferível você comprar o modem de sua marca favorita e tê-lo para sempre, mesmo que mude de provedor. No caso de ADSL, evite os modems USB, pois possuem menor desempenho, prefira os roteáveis, ligados à placa de rede de seu computador. Além disso, o comodato gera fidelidade, você deverá cumprir o prazo até o final para não pagar multa.

O modem roteável, permite também, o uso da internet banda larga para a função de voz sobre IP (requer a contratação de um provedor voip). Com o auxílio de um ATA (adaptador de telefone analógico), você conecta o seu aparelho de telefone convencional, diretamente ao roteador, utilizando o ATA como ponte e, faz ou recebe ligações, sem necessidade de ligar o computador.




One Reply to “Tudo sobre modem e roteador ADSL (banda larga)”

  1. Tenho um roteador werless no meu quarto e precisava de internet na sala para colocar em uma televisão e um receptor de tv a cabo, comprei um roteador werless e queria que ele recebece o sinal do roteador que está em meu quarto, quer dizer, receber o sinal do roteador do meu quarto com outro roteador werless na minha sala sem a necessidade de puxar outro cabo para a sala, somente usar cabo para ligar a tv e meu receptor de tv a cabo, obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*